Caso Genivaldo: polícia federal indicia três policiais por abuso de autoridade e homicídio qualificado

O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público Federal para as providências necessárias ao caso.

Na manhã desta segunda-feira, 26 de setembro, a Polícia Federal (PF) informou que indiciou por abuso de autoridade e homicídio qualificado (asfixia e sem meios de defesa), os três policiais rodoviários federais, envolvidos na morte de Genivaldo dos Santos, que morreu durante uma abordagem policial, no dia 25 de maio, em Umbaúba.

Em nota, a PF esclareceu que o inquérito policial foi encaminhado ao Ministério Público Federal para providências de sua competência, permanecendo a Polícia Federal à disposição para quaisquer outras eventuais diligências julgadas necessárias ao apuratório.

Relembre o caso

Genivaldo morreu, em maio deste ano, depois de ter sido trancado no porta-malas de uma viatura da PRF e submetido a inalação de gás lacrimogêneo, na BR-101 no município de Umbaúba. A certidão de óbito concedida pelo IML à família no dia seguinte à morte apontava asfixia e insuficiência respiratória.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
CSA x Tombense

Onde Assistir CSA x Tombense Hoje (26) Pela Série B 2022

Next Post

Trânsito na ponte sobre o Rio Poxim será parcialmente bloqueado

RELACIONADOS
Anúncios