A Folha Hoje Portal de Notícias de Sergipe

Caso Genivaldo Santos: moradores bloqueiam BR-101 e pedem por justiça

A morte aconteceu há quase quatro meses durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Reprodução: redes sociais
Reprodução: redes sociais

No início da manhã desta segunda-feira, 19 de setembro, moradores do município de Umbaúba realizam um protesto na BR-101. Os manifestantes atearam fogo em pneus e usaram cartazes com pedido de justiça para chamar a atenção do poder público. 

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, a  mulher de Genivaldo, Maria Fabiana dos Santos, falou que o motivo da manifestação é para pedir por justiça. “Já são quatro meses que estamos de luto, não aguentamos mais essa espera, não estamos aqui para dividir órgãos, mas para que a justiça venha ser feita e os assassinos sejam presos,”explicou.

Genivaldo dos Santos, 38 anos, foi morto no dia 25 de maio, durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no momento, três policiais rodoviários federais abordaram Genivaldo quando ele pilotava uma motocicleta. Vídeos mostram o momento que a vítima é imobilizada por policiais e colocada no porta malas de uma viatura da PRF, onde inalou fumaça, e acabou não resistindo. 

No dia 02 de setembro, os peritos do Instituto de Criminalística de Sergipe concluíram que Genivaldo morreu em virtude de uma asfixia mecânica provocada por um componente químico em sua corrente sanguínea. No entanto, não ficou atestado qual a substância foi inalada durante a abordagem.

Anúncios

Relacionados