A Folha Hoje Portal de Notícias de Sergipe

Economista aponta cenário positivo para economia de Sergipe

PIB cresceu no 2º trimestre deste ano e a expectativa é que termine o ano com um crescimento superior ao previsto.

As previsões dos analistas de mercado para a atividade econômica de Sergipe já eram boas para 2022, como apontava os últimos dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, onde o Produto Interno Bruto – PIB de Sergipe foi de R$ 44,69 bilhões em 2019 e registrou crescimento em volume de 3,6%, em relação a 2018.

De acordo com o economista Rodrigo Rocha apesar dos desafios ainda existentes para a economia, muitos sinais positivos estão aparecendo no Brasil e, em especial em Sergipe. Um deles é a reduções ou estabilização nos preços de vários produtos, gerando IPCA (índice oficial que mede a inflação no país) negativo nos meses de julho e agosto.

“O PIB do Brasil cresceu no 2º trimestre deste ano e a expectativa é que termine o ano com um crescimento bem superior ao previsto no começo de 2022. E Sergipe está seguindo uma tendencia de crescimento alinhada a do país, gerando também expectativas muito positivas, merecendo destaque diversos investimentos públicos, que tem o potencial de alavancar a construção civil, arrastando várias atividades para o crescimento também”, afirmou o economista.

Segundo Rodrigo Rocha esse crescimento do PIB tem impacto direto na geração de emprego. “O Brasil já criou, só até o mês julho, mais de 1,56 milhão de postos novos de trabalho. Sergipe gerou, no mesmo período, quase 3 mil novas vagas, merecendo destaque o setor de serviços, principalmente em atividades ligadas à educação, limpeza e engenharia. O setor da construção civil também merece ser ressaltado na geração de emprego e renda”, ressalta Rodrigo Rocha.

Rodrigo Rocha pontua que “todos esses fatores mostram uma tendência positiva da economia. Mas Sergipe precisa fortalecer cada vez mais as políticas de apoio à inovação, para aumentar a competitividade das empresas sergipanas, e estimular de forma ainda mais contundente a atração e ampliação dos investimentos empresariais, para acelerar o processo de desenvolvimento econômico e social do estado”, ressalta.

Anúncios

Relacionados