A Folha Hoje Portal de Notícias de Sergipe

Alunos que passaram mal após café da manhã escolar recebem alta

Incidente foi registrado nesta quinta-feira no Centro de Excelência José Rollembeg Leite.
Reprodução: redes sociais
Reprodução: redes sociais

A Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju (SMS) informou que os 37 alunos do Centro de Excelência José Rollembeg Leite, que precisaram de atendimento médico após uma intoxicação alimentar causada por um café da manhã servido na escola, receberam alta médica na tarde desta quinta-feira, 8 de setembro. Segundo a SMS, estudantes entre 11 e 22 anos, com sintomas entre dores abdominais, náuseas e dores de cabeça foram atendidos na Rede de Urgência de Aracaju.

Por meio de nota oficial, a Secretaria Estadual de Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) confirmou que 72 estudantes passaram mal após o café da manhã, mas que alguns precisaram ser encaminhados para unidades de saúde através do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ainda de acordo com a nota, a equipe de vigilância sanitária escolar detectou que todos os alimentos da escola estavam dentro da validade e armazenados devidamente como determina o programa nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Numa análise preliminar da equipe de nutricionistas da Secretaria identificou que, dadas as circunstâncias, há indícios de que pode ter havido uma falha, pontual, no pré-preparo da carne moída.

As Vigilâncias Sanitárias Estadual e Municipal estiveram no colégio para investigar o possível causador do surto alimentar. Foram colhidas amostras dos alimentos e amostras clínicas que foram enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen/SE). O resultado deve ficar pronto em 5 dias. Um procedimento administrativo foi aberto para investigar o caso.

Anúncios

Relacionados