O Pré-Caju voltou ainda melhor e reuniu milhares de foliões em Aracaju

Após sete longos anos de muita torcida e apelo dos foliões, o Pré-Caju voltou ainda mais bonito, animado e com o clima nostálgico. Uma festa democrática e muito segura que reuniu milhares de sergipanos e turistas dentro dos blocos, nos camarotes e na pipoca.

Após sete longos anos de muita torcida e apelo dos foliões, o Pré-Caju voltou ainda mais bonito, animado e com o clima nostálgico.

Uma festa democrática e muito segura que reuniu milhares de sergipanos e turistas dentro dos blocos, nos camarotes e na pipoca.

Uma das principais atrações, o cantor Léo Santana, puxou o Bloco Vem com o Gigante e se emocionou com o grande público seguindo seu trio. O artista disse que foi seu maior público após a chegada da pandemia, agradeceu a Deus pela vida de todos, parabenizou Fabiano Oliveira e toda turma da Augustus pela organização e vibrou com esse reencontro contagiante com os fãs.

Um ponto alto da apresentação de Leo foi a participação da sua esposa, a dançarina Lore Improta que arrasou no contagiante gingado para a alegria do público.

Além de Leo Santana, a maior prévia carnavalesca do Brasil contou com Durval Lelys que foi o primeiro artista a se apresentar na festa em 1992, com o Com Amor, justamente na Orla da Atalaia, o sucesso foi tão grande que o projeto de férias se consolidou como a maior micareta do país.

Asa de Águia com Durval sempre participou do Pré-Caju, até 2014. O retorno do evento marcou a estreia de Durval como cantor solo.

Também fazem parte da história da prévia carnavalesca e marcaram presença Bell Marques, Ivete Sangalo, Claudia Leitte, É o Tchan, Armandinho, Cid Natureza, Harmonia do Samba e Saulo Fernandes que fez do limão uma limonada no circuito.

Saulo puxou o Bloco Obaiuno e quando o trio se aproximou do Camarote Aju, apresentou problemas técnicos. O cantor não parou, desceu e se divertiu com os foliões até O problema ser resolvido. No meio da multidão, Saulo cantou sucessos como Odisséia e We are Carnaval.

Outros artistas também se apresentam como Samyra Show, Alexandre Peixe e Rafa e Pipo. Samyra fez uma linda homenagem a Paulinha Abelha no Camarote Aju.

Estrearam no Pré-Caju, Luanzinho Moraes, Quinto Round e Avine Vinny.

O clima de noltagia emocionou foliões com o retorno da festa com mais tranquilidade e melhores atrações. Foi o reencontro com os artistas que amamos. A Orla da Atalaia foi testada e aprovada para continuar recebendo a micareta. O mais bonito foi ver gente de todas as gerações juntas, de crianças a idosos. Gente de todas as classes sociais reunidas e celebrando a vida com muita felicidade estampada no rosto.

Ocorrências policiais? Até pode ter tido algo com menor proporção, e o mínimo possível mas eu não vi nenhuma até de violência ou insegurança. O Policiamento foi reforçado, ao mesmo tempo, os foliões foram prontos para comemorarem o retorno do Pré-Caju e aproveitaram até o fim no mesmo clima.

Além disso tudo, a aqueceu a economia, gerou empregos, lotou os hotéis e restaurantes, fortaleceu o comércio ambulante, deu força aos trabalhadores informais como motoristas de aplicativo, costureiras e lojas de roupas e sapatos.

Parabéns a Fabiano Oliveira por todo empenho e persistência. Trazer o Pré-Caju de volta não era uma missão fácil mas você nunca desistiu do maior evento popular de Sergipe que idealizou na década de 90.

Parabéns a toda equipe da Augustus como Yuri Rocha, Wadson Araújo e Osanilde Oliveira que mais uma vez mandou bem como assessora da maior prévia carnavalesca do país. E que venha o Pré-Caju 2023!

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
Ituano x Vasco

Ituano x Vasco: Onde Assistir E Escalações | Série B 2022

Next Post
Vasco garante o acesso na última rodada

Fim Da Série B 2022: Veja Quem Subiu E Quem Caiu

RELACIONADOS
Anúncios