Os melhores times de futebol de todos os tempos: uma retrospectiva histórica 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Todos nós, amantes de futebol, já nos deparamos com uma dúvida cruel e difícil de ser resolvida: quais são os melhores times de futebol de todos os tempos? Essa pergunta vai muito além das paixões que temos pelos nossos times de coração e daqueles que são fãs do esporte como um todo.

Falar dos melhores times de todos os tempos é falar de suas histórias, das suas conquistas, da tradição e, é claro, o amor que não só a torcida, mas o público do futebol tem por esses times que se tornaram eternos em suas memórias.

Obviamente, é muito difícil cravar uma resposta definitiva para esse questionamento, afinal, toda opinião sobre este e sobre qualquer assunto deve ser respeitada e ouvida para que o diálogo permaneça vivo durante os anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas, de uma coisa podemos concordar com toda certeza: o futebol apresentado por estas equipes abrilhantou o esporte mais popular do mundo. Veja o top 5:

Confira aqui uma lista dos melhores times de todos os tempos:

5º LUGAR – A.C. Milan (ITA) (1987-1991)

Da esquerda para a direita: Rijkaard, Van Basten e Ruud Gullit, campeões pelo Milan e pela Seleção. Reprodução/Milan

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Maldini. Baresi. Van Basten. Rijkaard. Gullit. Nem é preciso dizer muito. O Milan do final dos anos 1980 e início dos anos 1990 é uma dádiva de lendas do futebol mundial. 

Antes do período glorioso dos Rossoneri, o clube vinha em baixa por conta de um conturbado início na década de 80, na qual o clube fora rebaixado duas vezes e precisava se reerguer: na primeira, devido a um escândalo de manipulação de resultados no futebol italiano em 1980; a segunda na temporada 81/82 dessa vez, de fato, por um péssimo desempenho na Série A.

Depois disto, a chegada dos 3 holandeses que viraram referências do time viraram a chave, virando referências do time: Frank Rijkaard, Marco Van Basten e Ruud Gullit. Mas além desse meio campo  e ataques fortes tanto ofensivamente quanto defensivamente, este Milan teve uma das maiores (se não a maior) zagas de todos os tempos, formada por Baresi e Maldini. Ao todo, durante os anos em que estavam em seu auge, conquistaram:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • 1x Campeão Italiano
  • 2x Campeão da UEFA Champions League
  • 2x Campeão da Supertaça da UEFA
  • 1x Campeão da Supercopa da Itália

4º LUGAR – Real Madrid (ESP) (1956-1960)

Di Stéfano e Puskás: a dinastia madridista começou por conta desses craques. Foto Reprodução/Arquivo da Internet

Enquanto Pelé e o Santos dominavam a América, o Real Madrid do lendário atacante argentino Alfredo Di Stéfano bagunçava o futebol europeu com a sua habilidade no melhor dos muitos esquadrões imortais que os Merengues possuem em sua vasta história.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de Di Stéfano, o Real contava com outro craque que foi peça chave para a dominação tanto europeia quanto espanhola durante a década de 1950: o também centroavante húngaro Ferenc Puskás.

Porém, é interessante observar que este time, reconstruído das cinzas por Santiago Bernabéu (antigo presidente do clube, que dá nome ao estádio atual de ‘los blancos’) tem uma base estrangeira fortíssima que, além dos já citados, possuíam nomes como o meia Kopa (francês) e o zagueiro Santamaría (uruguaio).

Confira a lista de recordes e títulos que garantiram o Real Madrid da década de 50 como um dos maiores clubes da história:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • 1x Campeão Mundial Interclubes (1960), sendo o primeiro campeão mundial da história do futebol
  • 5x Campeão da UEFA Champions League (1956-1960), sendo o único clube da história a conquistar 5 títulos tanto consecutivos, quanto da Champions.
  • 4x Campeão Espanhol (1955-1958; 1960)

Não há como negar que o melhor elenco do maior clube do mundo deva estar nessa lista, mas o seu sucessor fez ainda mais sucesso em terras mais conhecidas por nós: o próprio Brasil.

3º LUGAR – Santos (BRA) – (1960-1969)

Pelé, Rei do Futebol, e sua melhor amiga: a bola. Foto – Lemyr Martins/VEJA

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em uma lista dos melhores de todos os tempos, é impossível não colocar o time na qual o maior de todos os tempos jogou: o Santos do Rei Pelé.  Na época em que a considerada maior banda da história (Os Beatles) despontava no rock n’ roll, outro supergrupo surgia: o time do Santos era sinônimo de tanto de grandeza quanto era do futebol-arte na década de 60. 

Não só por causa de um tal de Edson Arantes do Nascimento, mas também por ídolos da torcida santista como Coutinho, Pepe, Mengálvio, entre outros. O Peixe era o time mais forte não só no Brasil, mas no mundo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para mais, O time do Santos entrava em campo não para jogar futebol, mas para oferecer espetáculos para o público, pois a maior característica do Rei do Futebol estava, na maioria das vezes presente: os gols.

Confira abaixo a “humilde” coleção de títulos do Santos nesse período:

  • 2x Campeão Mundial Interclubes (1962 e 1963)
  • 2x Campeão da Copa Libertadores da América (1962 e 1963)
  • 1x Campeão da Supercopa Sul Americana (1968)
  • 1x Campeão da Recopa Mundial (1968)
  • 5x Campeão da Taça Brasil (1961-1965)
  • 8x Campeão Paulista (1960-1962; 1964, 1965, 1967-1969)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Com “apenas” 23 títulos em um período de 10 anos, os imortais do Alvinegro Praiano entram na lista dos melhores times de todos os tempos.

2º LUGAR – Barcelona (ESP) – (2008-2012)

Barcelona e Guardiola: a combinação perfeita. Foto Reprodução/Reuters

Muitos de nós ouvimos aquela frase tão conhecida no mundo futebolístico vinda de nossos pais e avôs: “O futebol não começou depois dos anos 2000, não!”. Porém, se ele por acaso tivesse começado, o Barcelona, comandado por Pep Guardiola, seria o Criador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dos times citados acima, foi o único do qual grande parte das gerações do futebol puderam acompanhar de perto e se encantar com o “tik-taka” catalão e um dos maiores – para muitos o maior – jogadores da história, Lionel Messi.

Ademais, muito do sucesso desse time envolvente e letal foi por causa de um trabalho técnico impecável coordenado pelo ídolo como jogador e treinador dos “Culers” Pep Guardiola, que praticamente comandava a seleção espanhola na época – Piqué, Villa, Xavi, Iniesta e Busquets eram peças chave tanto do Barça quanto da “La Roja“. Simplesmente mágico.

Aqui está a lista com as conquistas do melhor time (até então) do século XXI:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

  • 2x Campeão Mundial de Clubes da FIFA (2009; 2011)
  • 2x Campeão da UEFA Champions League (2009; 2011) 
  • 2x Campeão da Supercopa da UEFA (2009; 2011) 
  • 3x Campeão Espanhol (2009-2011)
  • 2x Campeão da Copa do Rei (2009; 2012)
  • 3x Campeão da Supercopa da Espanha (2009-2011)

Antes de passarmos ao primeiro colocado, devemos ressaltar que muitos desses times não seriam nada do que foram se não fosse por um dos jogadores mais talentosos e brilhantes de sua geração, que mudou para sempre a história do futebol, seja como técnico ou jogador. 

Se pudéssemos definir este craque com apenas uma palavra seria esta: “Genialiteit”, ou “gênio” se traduzido para o português. Estamos falando do Ajax de Johan Cruijff.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

1º LUGAR – Ajax (HOL) – (1970-1974)

Gênio da cabeça aos pés, Johan Cruyff revolucionou a forma como se pratica o esporte. Foto Reprodução/Arquivo da Internet

Jogar futebol é muito simples. Difícil mesmo é jogar um simples futebol. Quando se pensa no futebol moderno, deveria ser obrigatório pensar em três coisas: futebol total, carrossel holandês e Johan Cruyff.

Por isso, o Ajax do início dos anos 1970 assombrou o mundo do futebol com uma tática que visava o ataque a qualquer custo, o que rendeu grandes frutos e conquistas para a equipe holandesa

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Conhecido como futebol total, o conceito é bem simples: ocupar e exercer a posição de seu companheiro de equipe durante situações de jogo. A troca de posições e a constante pressão pós-perda foi extremamente bem executada pelo treinador Rinus Michel. Alinhados a isso, vieram as conquistas de títulos memoráveis e uma prévia da Laranja Mecânica que encantou o mundo na Copa de 1974.

Confira os feitos do futebol total pelos Países Baixos e pela Europa:

  • 1x Campeão Mundial Interclubes (1972)
  • 3x Campeão da UEFA Champions League (1970-1972)
  • 1x Campeão da Supercopa da UEFA (1973)
  • 3x Campeão Holandês (1970-1972)
  • 3x Campeão da Copa da Holanda (1970-1972)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além disso, tal conceito expandiu tanto pelo Ajax quanto pelos times que Cruyff jogou e comandou na carreira, sendo vencedor dentro de campo e fora também. O Ajax de Cruyff tem que ser exaltado para sempre como um dos maiores precursores do futebol moderno que conhecemos e amamos.

O que podemos refletir sobre os melhores times de todos os tempos

Independente de seu estilo de jogo, jogador ou treinador preferido, é inegável a importância para o futebol que esses times entregaram ao futebol e seus adeptos.

Títulos e conquistas são essenciais para que esses timaços sejam reconhecidos e lembrados por tanto tempo e por tantas pessoas. Mas, isso só foi possível pois os melhores times de todos os tempos tem um elemento em comum: eles sabem jogar o bom futebol.

Total
0
Shares
Previous Post
Salgueiro x Sport

Salgueiro x Sport: Onde assistir jogo ao vivo l Pernambucano 2023

Next Post

Fluminense x Nova Iguaçu: Onde Assistir O Jogo Ao Vivo | Carioca 2023

RELACIONADOS