Como cuidar do cabelo cacheado e crespo na gravidez

A aventura de ser mãe e passa pela gravidez gera uma série de mudanças na mulher e dentre elas estão as do cabelo, principalmente no quesito mudança do fio.

Por: G M Rhaekyrion -
18/12/2019 às 16:42 - atualizado em 22/04/2021 às 01:17

Compartilhe: faceboook twitter whatsapp

A aventura de ser mãe e passa pela gravidez gera uma série de mudanças na mulher e dentre elas estão as do cabelo, principalmente no quesito mudança do fio.

Para as cacheadas e crespas essa aventura pode ficar um pouco mais acentuada, pois o cabelo cacheado e crespo já requer uma série de cuidados para manter a beleza.

Então, quando a mulher está gravida e as mudanças hormonais começam a acontecer, o cabelo pode sofrer, ou não, com esses altos e baixos dos hormônios.

E nem todo tipo de tratamento é recomendado para as gravidas.

Por isso, viemos mostrar como cuidar do cabelo cacheado e crespo na gravidez.

Mudanças no cabelo na gravidez

As mudanças hormonais, elas afetam desde o sono e o humor, até a mudança na conformação do fio do cabelo.

De modo geral, para um fio natural, a gravidez é benéfica para o cabelo.

O aumento de estrogênio faz os fios crescerem por mais tempo, além do número de andrógenos influenciar nesse crescimento capilar também.

Esse crescimento a mais na gestação é totalmente normal e se deve ao aumento do metabolismo e da circulação, que também fortifica a estrutura do fio.

Porém, pode aumentar a oleosidade do cabelo e o ressecamento, deixando o fio mais danificado. Vai depender da saúde geral do seu cabelo e do tipo de cuidado que você dedica a ele, mesmo antes da gravidez.

Para quem tem cabelo cacheado, não se desespere, pode ocorrer o alisamento do fio e os cachos ficarem com menos definição.

Ou aumentar as chances de ter um frizz ruim e de encrespar para quem tem cachos do tipo 3 ou 4a.

Química capilar na gravidez

Sabemos que quem é loira, tem mechas, faz progressiva, relaxa o cabelo e afins precisa dar um tempo nessas químicas na gravidez.

Alguns tratamentos orgânicos e naturais podem substituir a química tradicional, como o clareamento com camomila, por exemplo.

Bem como, quem costuma usar tratamentos químicos na gravidez os problemas comuns podem intensificar, então é importante que dê uma atenção a mais nos seus fios nesse período.

E aposte em produtos 100% veganos e liberados e tratamentos orgânicos.

Eles oferecem o mesmo resultado e junto tratam melhor seu cabelo.

Máscaras capilares

Os cremes e máscaras de hidratação, nutrição e reconstrução são extremamente indicados para quem está passando pela gravidez.

Claro, precisa se ter o cuidado de verificar se o produto que vai usar é 100% liberado e vegano, para evitar contato com qualquer substância que vá danificar seu fio.

Se seu cabelo estiver ressecado e poroso, o ideal é que faça uma hidratação, ao menos duas vezes por semana.

Se estiver caindo e quebradiço, o melhor é a nutrição, igualmente duas vezes por semana.

Se estiver elástico e sem vida, é a reconstrução que vai sanar.

Porém, o apropriado é que faça um cronograma capilar, pois vai garantir que as 3 etapas do tratamento estejam em dia e seu cabelo recebendo todos os nutrientes que precisa.

Mas, se você não tiver muito tempo, misture as 3 máscaras capilares (a de nutrição, a de hidratação e a de reconstrução), faça uma misturinha e aplique no cabelo uma vez na semana, no mínimo.

Misturinhas caseiras

Outro aliado forte são as misturinhas caseiras, que garante uma hidratação, nutrição e reconstrução poderosas para seus fios. Além de combater quedas, ajudar no fortalecimento e regular a oleosidade natural.

Existem diversas misturinhas caseiras e você pode escolher a que melhor se adequa a sua rotina.

As que contém óleo de coco, azeite, mel e ovo, ajudam na nutrição e hidratação.

Abacate, banana, melaço, leite, maisena e iogurte, é nutrição e reconstrução.

Açúcar, café, óleos vegetais e babosa, é para hidratação e reconstrução.

Mas essas são apenas alguns exemplos e você pode brincar de fazer misturinhas e testar no seu cabelo sem medo, pois são naturais e sempre fará bem.

Use uma misturinha caseira uma vez na semana, ou duas, e seu cabelo ficará divino.

Reduza os danos do ambiente

Usar cremes de pentear ou óleos reparadores de pontas com proteção UV e poder hidratante ajuda a reduzir o impacto do ambiente no seu cabelo.

Ar-condicionado, secador, o sol, vento e a poeira são agentes danificadores do fio e por essa razão precisamos proteger nosso cabelo com cremes ou óleos.

Se seu cabelo já está danificado de alguma forma, o ideal é que tenha uma atenção melhor para esse cuidado.

Finalize com cremes de pentear que tenham proteção UV e poder hidratante, já ajuda a se livrar desses danos.

Espero ter ajudado!

Dúvidas, critícas e sugestões? Fale com a gente
Acompanhe a Folha Hoje nas Redes! faceboook twitter youtube instagram Google News